Publicidade

Veja 7 fatores que podem atrapalhar seu orgasmo

Além de procurar por ajuda profissional, nossa principal dica é: fomente o diálogo na sua relação.

Mariana Duarte
em 16-Mai-2017

Você tem plena certeza que já chegou a ter um orgasmo? É uma pergunta meio estranha de ser feita, mas existem muitas mulheres que não sabem se já tiveram um orgasmo ou não. Uma pesquisa feita pela Universidade de São Paulo revelou que 34% das brasileiras sofrem com falta de desejo sexual e 29% tem a vida sexual sem orgasmo. Além disso, o estudo revelou que 92% das mulheres não tem o costume de se masturbar.

Algumas ginecologistas afirmam que durante o orgasmo as mulheres sentem uma sensação de prazer físico. Esse momento não dura mais que alguns segundos, mas dá para saber que aconteceu e é arrebatador, após este momento de prazer físico o corpo fica relaxado como se estivesse anestesiado. Se você nunca sentiu este momento, vamos citar alguns fatores que pode estar atrapalhando o seu orgasmo.

1. Não conhecer o próprio corpo

Quem não se conhece acaba tendo uma vida sexual vazia, pois não saberá o que pedir no ato sexual, não terá conhecimento do que a dá prazer e o que não. Muitos psicólogas sugerem para as mulheres aproveitarem a hora do banho ou aquele momento que estão sozinhas em casa para se acariciar e explorar seu corpo. É importante saber quais as partes do seu corpo que funcionam como gatilhos para o momento de prazer.

Conhecer o seu corpo já um grande passo para se alcançar o orgasmo durante o ato sexo. Veja o seu corpo como um mapa, e esse mapa precisa ser explorado e conhecido. Não existe ninguém melhor que você para se explorar, desta forma ficará mais fácil para você informar o que gosta e o que não gosta no momento sexual. 

2. Não estar de bem com o seu corpo

Nos dias de hoje onde há um padrão quase inalcançável de beleza, muito por influência do mundo da moda, muitas mulheres não se sentem bem com os próprios corpos, pois, estes não estariam de acordo com corpos que costumamos ver na grande mídia. Com isso, algumas mulheres se sentem fora desse padrão de beleza.

A questão acaba gerando baixa autoestima em mulheres que não se sentem bem com seu corpo, e isto acaba afetando diretamente o desejo sexual. A obsessão de algumas mulheres por se parecer com a modelo da capa de revista, por exemplo, acaba criando mais uma pressão psicológica e a insegurança acaba atrapalhando a percepção dela mesma sobre si e sobre os outros e acaba criando bloqueios e isso se reflete diretamente em seu desejo sexual e abertura para o sexo em muitos casos.

Além de procurar ajuda psicológica, nossa dica é começar a se olhar de forma menos inquisidora, dar menos atenção ao que você acha que é o gosto dos homens, afinal ninguém é igual, logos os gostos e preferências também não são.

3. Pânico de não conseguir

Muitos ficam tão preocupados, ansiosos em alcançar o clímax, que isso acaba gerando uma situação desagradável e acaba não acontecendo o orgasmo, isso tudo por conta de toda a pressão psicológica em jogo. O orgasmo nasce primeiramente na mente afinal.

Ocupar a mente com tantos pensamentos do que precisa ser feito para alcançar aquele momento, pode te impedir de relaxar e sentir aquele prazer momentâneo. Sempre que você vivencia o seu relacionamento sexual pensando em como fazer e o que fazer, poderá ter frustações.

Se você perceber que não consegue controlar esta ansiedade, procure um profissional, que ele irá te dar algumas dicas de como trabalhar esta ansiedade.

4. Estresse

A correria do dia a dia pode ser completamente estressante, e isso pode também afetar a relação sexual e a chegada no orgasmo. Filhos, trabalho, estudo, o cotidiano em si, se deixarmos quando chega o fim do dia estamos com a mente cansada, e sem disposição e a desejo sexual está no zero.

Quando estamos estressados não queremos fazer nada além de descansar nossa mente, se não aprendermos a lidar com todos os estresses que a vida nos manda, sempre estaremos com o desejo sexual comprometido, a chave para se chegar ao orgasmo é a paz e tranquilidade.

5. Brigas

Um dos ingredientes para cortar o desejo sexual e assim atrapalhar o orgasmo são as brigas frequentes que um casal pode ter. Tente sempre se comunicar bem com o seu parceiro (a), assim além de evitar discussões desnecessárias, a comunicação fará com que o casal fique mais atento à personalidade, desejos e ambições (inclusive de cunho sexual) do parceiro (a).

Brigas com certeza esfriam uma relação, afinal, ninguém se sente à vontade para ter uma boa relação sexual com quem não se tem mais desejo. Além disso, elas podem gerar um abalo emocional, pode gerar conflitos internos, desencadeando consequentemente a falta de desejo.

6. Entrar na rotina

Ter uma relação na mesmice, sempre na mesma posição, mesmo dia, hora, lugar pode gerar um desapego e deixar o sexo morno. O casal sempre deve tentar levar algo novo para a sua relação sexual. Apimente mais as coisas, saia completamente da rotina, fazer sempre as mesmas coisas cansa, gera certo desanimo, pois você já sabe que naquele dia irá acontecer e pior já sabe tudo que vai ter naquele momento.

Seja criativo e sair da rotina, porque isso gera um “conteúdo” completamente diferente. É como o ato de ouvir uma história. Se você ouve sempre a mesma história ela passará a não te emocionar como da primeira vez que você a ouvir, mas se a cada vez que você ouvir uma história for uma coisa nova, com novas tramas, novos personagens, a sensação de novidade e empolgação te preencherá.

7. Fingir um orgasmo

Muitas mulheres fingem ter orgasmos, isso acontece por inúmeros motivos, desde a não decepcionar o parceiro, até não parecer frigida para ele. De acordo com um estudo canadense publicado no ano passado na revista Sexualities, há uma boa chance de que sim - pelo menos de vez em quando, as mulheres terem fingido um orgasmo. De acordo com o estudo de Monika Stelzl, Ph.D., as mulheres que forjaram, fizeram porque estavam cansadas, não queriam ferir os sentimentos ou ego do seu parceiro, ou não queria parecer como se fossem desinteressadas em sexo.

Pelo que vocês puderam perceber, essa é uma questão bem complexa e pode gerar problemas sérios no futuro, primeiro porque o parceiro pode acabar percebendo e isso pode gerar um clima desconfortável. Segundo que passar fingir orgasmos pode fazer o cérebro acreditar que é incapaz de chegar ao seu pleno momento de prazer, ou seja, a mulher pode criar bloqueios quanto a isso. Então é sempre bom conversar com seu parceiro.

Se você é um profissional da área da saúde, crie agora mesmo o seu perfil inteiramente grátis e divulgue seu trabalho.

O que é o MediConic ?

Somos o melhor buscador de profissionais de saúde do Brasil. Aqui você vai encontrar o profissional mais perto de você, veja as opiniões de outros pacientes e opiine também ! Encontre infomrações rapidamente, telefone, endereço, e até o curriculum do profssional.

Dúvidas sobre saúde?

Tem dúvidas sobre saúde? então deixe a suas perguntas que nossa comunidade de Médicos, Dentistas, Pediatras e até veterinários irão responder para você.